Diário e intradiário

A participação no mercado realiza-se através de um sistema informático simples que utiliza a Internet, o que possibilita a participação simultânea de um grande grupo de agentes e a gestão de uma elevada quantidade de ofertas de compra e venda de eletricidade num lapso de tempo reduzido, assim como a elaboração das liquidações económicas correspondentes.

A operação nos mercados diário e intradiário

O mercado ibérico de eletricidade é composto pelos mercados a prazo, que são geridos pelo OMI-Polo Português, SGMR (OMIP), e o mercado diário e os mercados intradiários, geridos pela OMIE. No gráfico apresenta-se a sequência no tempo dos mercados e dos processos que ocorrem.

Figura 1. Sequência no tempo dos mercados e processos no MIBEL.

O mercado diário é o principal mercado de contratação de eletricidade na Península Ibérica e funciona 365 dias por ano. Tal como no resto da EU, trata-se de um mercado marginalista, no qual o preço e o volume de contratação em cada hora estabelecem o ponto de equilíbrio entre a oferta e a procura. Todos os dias são recebidas ofertas de compra e venda de energia elétrica para o dia seguinte até às 12:00 da manhã, hora de fecho da receção das ofertas. De seguida, estas ofertas são processadas em conjunto com os operadores no mercado juntamente MRC (Market Coupling of Regions), utilizando um algoritmo europeu denominado EUPHEMIA. A partir daí, o OMIE comunica publicamente os preços e a energia que será produzida e comprada em cada uma das horas do dia seguinte no mercado Ibérico.

Finalizado o mercado diário, e após o processo de restrições técnicas, levam-se a cabo a mercados de ajustamento (denominados mercados intradiários) que permitem aos compradores e vendedores interessados, realizar ofertas de compra e venda de energia elétrica para ajustar os seus programas de produção e de consumo às suas melhores previsões do que vão necessitar em tempo real.

Figura 2. Mercado intradiário no MIBEL. Horizonte de tempo das seis sessões.

A seguir procede-se à liquidação aos agentes da energia comprada e vendida nos vários mercados. Esta liquidação e a fatura correspondente é colocada diariamente à disposição dos agentes. O certificado digital garante a confidencialidade e permite a cada agente aceder à sua liquidação e faturação.